7 comentários:
De Daniela a 8 de Abril de 2014 às 23:37
também tenho esse vicio idiota e a mafi diz-me sempre "mãeeee, tira as mãos dos labios." mas quando é preciso, esfolo com os dentes :)

sim, viva a imperfeição, devemos criar mesmo este movimento. viva a imperfeição e as casas desarrumadas :))

bjs e dorme bem!
De Daniela a 8 de Abril de 2014 às 23:56
ps. gostei MESMO deste pequeno texto.
De Inês a 9 de Abril de 2014 às 10:30
eu vejo-te sempre como aquela miúda de 18 anos, muito simpática e agradável que foi como te conheci ;)
De catarina a 9 de Abril de 2014 às 11:01
Estás na mesma Miriam! Pelo menos daqui é o que me parece :D.
Em relação ao laranja já sabes o que penso... adoro :)!
beijinhos para vocês os 2!
De catarina a 9 de Abril de 2014 às 11:03
esqueci-me de dizer que para mim as vidas perfeitas são as imperfeitas. São as nossas vidas e o que fazemos delas e com elas.
O perfeitinho de mais não existe, não é real...;)
De Margarida a 9 de Abril de 2014 às 16:06
tu és gira e eu tenho muitas saudades tuas! E uma das partes preferidas de ter um filho para mim é mesmo essas palhaçadas e figurinhas que podemos (devemos!) fazer! Às vezes ele ri-se às gargalhadas de cada coisa que me ponho a pensar que é mesmo preciso muito pouco para fazer uma criança feliz.
De Patricia a 9 de Abril de 2014 às 17:48
Gostei muito!
E para mim não existe perfeição maior que a pura imperfeição! ;)

comentar post