Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

mais do elefante

> mail
> loja etsy
> flickr
> pinterest
> instagram
> facebook

posts recentes

44/52

43/52

42/52

41/52

40/52

39/52

38/52

37/52

36/52

35/52

34/52

33/52

32/52

31/52

30/52

29/52

28/52

27/52

26/52

25/52

arquivos

categorias

10on10

14

52 project

52 project14

52 project15

afonso

andar por aí

animação

aniversários

aveiro

azulejo

bloganiversário

brinquedos

c2

carteiras

casa

cinema

coisas

coisas que gosto

comida

crafty

decoração

desenhos

design

disponível/available

edgar

elefante noutro lado

em loja

etsy

exposição

fashion

férias

festa

fita métrica

floral pins

fotografia

giveaway

gocco

gravidez

gravidez02

ilustração

jaime

kids

linha de metros

links

livros

lojas

loopooloo

measuring tape

meter tree

música

natal

note to self

open tabs

os nossos gatos

patrocinado

pins

prendas

quilt

referendo

sim

sm12

snail mail

sorteio

tape measure

técnicos

trabalho

tricot

vendido/sold

vida

todas as tags

pesquisar

 
Terça-feira, 17 de Outubro de 2006

"Eu, tu e todos os que conhecemos"



Me and you and everyone we know (Miranda July)

Desde ontem à noite, este filme passou a ser, definitivamente e sem dúvidas, um dos filmes da minha vida!
É, para mim, uma afirmação "grande". Não gosto facilmente de um filme, não sou mesmo fácil de agradar e há sempre determinados pormenores durante os 90 minutos que me chateiam ou fazem com que me apeteça apaga-los... normalmente são os "fins" que me irritam mas este não, este é verdadeiramente perfeito. E tenho a certeza que será perfeito nas mais 10 vezes que me apetece vê-lo.
Quem se lembraria de fazer uma cena dramática, sem ser num filme infantil, com a morte quase insignificante de um peixinho cor-de-laranja?
A verdade é que me deu mesmo vontade de chorar ao mesmo tempo que ria do cómico da situação.

Fico várias vezes chateada por os filmes chegarem sempre tão atrasados cá a Aveiro ou, por vezes, nem sequer cá chegarem, mas, depois vejo um filme destes e facilmente esqueço esse pormenor =)
categorias:
miriam às 00:46
permalink | comentar
4 comentários:
De helena zália a 17 de Outubro de 2006 às 14:03
Pois .... não vi esse filme. Tenho que ver se o encontro em dvd ou no clube de vídeo. Agora estas são quase as únicas alternativas que temos!!! :(
Por acaso, quase tudo está mal em termos de cinema em Aveiro(e não só)!!. Há uns tempos ainda tínhamos o Oita que passava filmes maravilhosos, agora só nos restam 14 salas de pipocas e "diversão". Não gosto de encarar o cinema como um mero passatempo ... quero deslumbrar-me com as histórias, com as interpretações, com a fotografia, com as bandas sonoras, ... , um verdadeiro filme tem que ser saboreado, não permitindo distrações olfactivas e sonoras provocadas pelas malditas pipocas e do sugar da coca-cola.
Nas últimas semanas deslumbrei-me com "Volver" do Almodovar e com "Match Point" de Woody Allen, que só tive agora oportunidade de ver!
De carlos paulo a 27 de Outubro de 2006 às 12:57
já agora, aproveito para sugerir o "Somersault".
De Débora a 28 de Outubro de 2006 às 00:16
Fiquei cheia de vontade de ver o filme!
De Ana Rita Nunes a 29 de Outubro de 2006 às 19:35
Vi ontem o Finding Neverland ....ainda estou sensível a ele, é lindo e ninguém o pode negar...

comentar post

as imagens que aparecem neste blog são da minha exclusiva propriedade não podendo ser utilizadas noutros sítios sem autorização prévia. todas as imagens que não me pertençam têm a respectiva referência.