Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

mais do elefante

> mail
> loja etsy
> flickr
> pinterest
> instagram
> facebook

posts recentes

44/52

43/52

42/52

41/52

40/52

39/52

38/52

37/52

36/52

35/52

34/52

33/52

32/52

31/52

30/52

29/52

28/52

27/52

26/52

25/52

arquivos

categorias

10on10(15)

14(3)

52 project(49)

52 project14(53)

52 project15(44)

afonso(8)

andar por aí(29)

animação(2)

aniversários(6)

aveiro(5)

azulejo(3)

bloganiversário(14)

brinquedos(2)

c2(4)

carteiras(106)

casa(9)

cinema(10)

coisas(11)

coisas que gosto(36)

comida(26)

crafty(224)

decoração(6)

desenhos(5)

design(32)

disponível/available(4)

edgar(67)

elefante noutro lado(7)

em loja(16)

etsy(67)

exposição(3)

fashion(21)

férias(36)

festa(6)

fita métrica(118)

floral pins(9)

fotografia(3)

giveaway(2)

gocco(7)

gravidez(8)

gravidez02(6)

ilustração(8)

jaime(139)

kids(28)

linha de metros(196)

links(15)

livros(2)

lojas(13)

loopooloo(3)

measuring tape(106)

meter tree(38)

música(13)

natal(5)

note to self(4)

open tabs(5)

os nossos gatos(2)

patrocinado(2)

pins(21)

prendas(12)

quilt(1)

referendo(2)

sim(2)

sm12(3)

snail mail(4)

sorteio(8)

tape measure(106)

técnicos(20)

trabalho(10)

tricot(4)

vendido/sold(76)

vida(87)

todas as tags

pesquisar

 
Quinta-feira, 6 de Junho de 2013

da tristeza

ontem fiquei tão mas tão triste com o desfecho da história do pequeno rodrigo que não consegui ocupar a minha cabeça com muito mais coisas até agora. este menino não nos era próximo, mas mãe que é mãe sente todos estes acontecimentos um bocadinho na pele. porque pensamos sempre que não acontece para sempre só aos outros e porque somos constituídas por uma massa que, inevitavelmente, nos faz sofrer por antecipação.

nenhuma criança devia passar por este sofrimento. as crianças querem-se saudáveis e felizes. e esta é uma daquelas injustiças que faz com que acredite cada vez menos numa entidade superior que nos protege. não pode! impossível haver alguma coisa que mande nisto e cometa tamanha barbaridade. e há tantas crianças a passar pelo mesmo... e tantas mães que não sei como conseguem continuar a viver depois disto...

nós já tivémos momentos destes muito perto, infelizmente. e acontecimentos como o de ontem refrescam a memória e fazem viver muitas partes outra vez.

 

este texto é o mais bonito a falar triste.

e este é muito, muito, sentido.

categorias:
miriam às 17:18
permalink | comentar
1 comentário:
De Daniela a 6 de Junho de 2013 às 21:56
miriam... o o teu texto tb é bonito e o que dizes é assim mesmo. não se compreende. é mesmo assim. é e não devia ser :(((


bjs

comentar post









as imagens que aparecem neste blog são da minha exclusiva propriedade não podendo ser utilizadas noutros sítios sem autorização prévia. todas as imagens que não me pertençam têm a respectiva referência.
Follow on Bloglovin